.

.
.

quarta-feira, 20 de setembro de 2017

Polícia Civil deflagra Operação Arecê Fase 6 em São José do Mipibu



A Polícia Civil com apoio da Polícia Militar deflagrou, nesta quarta-feira (20), a sexta fase da Operação Arecê na cidade de São José do Mipibu tendo como objetivo cumprir mandados de prisão e busca e apreensão contra suspeitos pela prática de diversos crimes como homicídios, roubos, furtos, receptação, estupro, tráfico de drogas entre outros. Houve a participação de 140 policiais e mais de 20 viaturas.


Na Operação foram cumpridos 21 mandados sendo presas 10 pessoas e mais uma em flagrante por receptação, porte ilegal de arma de fogo e munições. Durante a ação policial também foram lavrados 03 Termos Circunstanciados de Ocorrência (TCOs) por crimes de menor potencial ofensivo. A Operação totaliza em sua sexta fase a marca de 79 pessoas presas.

Programação Religiosa de Abertura da Festa de Santa Teresinha Padroeira em Tangará



Tema: “Na vivência do ano mariano, sejamos uma paróquia missionária”.

Estimados paroquianos,

Celebrar a festa da padroeira das missões à luz dos ensinamentos do ano mariano, é reconhecer o tesouro do ensinamento que recebemos na escola de Maria Santíssima. A festa da padroeira Santa Teresinha constitui um tempo da graça de Deus para esta porção do seu povo. Por isso, com entusiasmo redobrado, acreditando no novo que já vivemos, convidamos você e sua família a formarem conosco um só povo, de 22 de setembro a 1 de outubro em torno da mesa da palavra e da Eucaristia. Sintam-se convidados, abraçados e abençoados!

Programação religiosa

Sexta-feira (22):

05h- Manhã de Adoração na matriz
05h-Alvorada com a banda Marcial Maria Lourdes de Souza/ EEPREJAM
12h-Oficio da Imaculada Conceição/ Novena das Rosas
15h- Terço da misericórdia
18h – Procissão motorizada com Santa Teresinha saindo de frente a casa verde.
Resp: Reginho e equipe
18h30- Procissão da Bandeira com a banda marcial do Centro de Convivência F. de Vínculos

Local de Saída: Residência de Lindalva Luís na Praça Major Lula Gomes Nº 85
Resp: Movimento Legião de Maria
19h-Hasteamento das Bandeiras
Palavras de Acolhida do Padre/ Missa Solene de Abertura

Cel: Padre Lenilson Silva das Chagas

Noiteiros: Motoristas, Motoqueiros, Ciclistas e Terço dos Homens
Madrinha dos fogos: Rita de Cassia Felipe Sobrinho


Madrinhas do andor: Dona Deuziene, Hosana Vieira, Nice Ferreira e Josefa Lucas.


TANGARÁ - Quinze artesãs terão unidade de confecções em projeto do Governo do RN



Por: Blog Tangaraense

A vida de 15 mulheres artesãs integrantes do Clube de Mães de Tangará está mudando. O que era apenas um sonho passou a ficar mais perto de se tornar realidade desde que foram classificadas para o edital de Inclusão Produtiva do Governo do Estado, por meio do programa Governo Cidadão com recursos do acordo de empréstimo com o Banco Mundial. O projeto das artesãs é construir uma unidade de confecção de roupas que irá não só fortalecer o artesanato da região, como possibilitar renda extra para todas.

O primeiro passo foi elaborar o plano de negócios. Agora elas estão ainda mais perto de concretizar a minifábrica de confecções: estão prestes a assinar o convênio com a assistência técnica que irá acompanhar todo o processo de licitação da obra.


A agricultora Maria Helena Silva, 54, artesã há 16 anos, é uma das beneficiadas pelo projeto do Governo do Estado por meio da Sethas e Governo Cidadão. Com o repasse do convênio já na conta, Maria Helena e as demais vivem um sonho.

Governo do RN confirma concurso para PM; Fórum de Segurança discorda da quantidade de vagas e nível exigido



O Rio Grande do Norte terá concurso público para praça da Polícia Militar ainda este ano, é o que garante a Secretaria de Segurança Pública e da Defesa Social. Ao G1, a Sesed confirmou que o edital do concurso, inclusive, será publicado no Diário Oficial do Estado até o final de outubro com a oferta de 1.000 vagas para candidatos de nível médio.

A Sesed também informou que, após o concurso para soldado, um projeto visando um segundo concurso, desta vez só para oficial, será enviado para apreciação dos deputados na Assembleia Legislativa.

Entrave

Porém, existe um entrave. A realização do concurso, no modelo que foi anunciado pelo governo, não agrada o Fórum de Segurança Pública do Rio Grande do Norte – entidade que reúne instituições de segurança pública do estado. Existe discordância em alguns pontos, como a quantidade de vagas ofertadas e o nível de escolaridade exigido.

“Defendemos que o concurso só seja aberto quando for modificada a forma de ingresso. Inclusive, existe um projeto de lei já tramitando na esfera governamental. 

Defendemos ingresso com nível superior, exigência de CNH no mínimo na categoria ‘B’, investigação social, e exames psiquiátrico e psicológico. Todas essas exigências só serão possíveis com a modificação dos artigos 10 e 11 do Estatuto da PM que trata do assunto”, listou o representante do Foseg, o subtenente da PM Eliabe Marques, que preside a Associação dos Subtenentes e Sargentos Policiais Militares e Bombeiros Militares do RN (ASSPMBMRN).

A Sesed explicou que, em razão da urgência em se aumentar o efetivo da PM, o jeito mais rápido de ampliar o quadro é realizar um concurso com nível médio. Para nível superior o processo é mais demorado porque existe a obrigação de o certame ser aprovado pela Assembleia, o que retarda o processo.

Sobre isso, Eliabe também também apresentou uma alternativa diferente. “Quer rapidez, é só convocar os 824 suplentes do concurso público realizado em 2005. Destes, pelo menos 600 têm capacidade de assumir a função”, sugeriu.

Ainda de acordo com o representante do Foseg, o deficit de efetivo na Polícia Militar do RN é fruto da omissão e da negligência dos sucessivos governos nos últimos 15 anos, incluindo o atual. "Nenhum destes gestores teve o devido zelo e compromisso com a segurança da população. Hoje, existe um deficit de 5.792 policiais militares no estado. Como a população do RN é de 3,5 milhões de habitantes, há 1 PM para cada grupo de 456 habitantes. O número razoável seria de 1 policial para 250 habitantes”, ressaltou Eliabe.

“Mas mesmo diante desse deficit, o atual governo não pode querer resolver o problema de maneira irresponsável. Defendemos a realização de concurso de forma planejada, com turmas de no máximo 600 policiais. Do contrário, haverá comprometimento na qualidade da formação, na questão previdenciária, na ascensão funcional (carreira)”, acrescentou o subtenente.

Efetivo

São praças da PM: soldados, cabos, sargentos e subtenente. São oficiais: tenentes, capitães, majores, tenentes-coronéis e coronéis.

Segundo a Polícia Militar, a corporação possui atualmente 7.641 praças e 469 oficiais, o que totaliza 8.316 PMs. O ideal, ainda de acordo com a própria PM, é que o efetivo atual fosse de 13.466 policiais.

Salário

Hoje, o salário de um soldado da PM no RN é de R$ 2.904 ao ser incorporado (nível 1). No caso de um aluno oficial, ele recebe no 1º ano de curso de aspirante a tenente R$ 4.486,68. Caso chegue a coronel, que é a patente mais alta na corporação, o salário a receber é de R$ 18.945,31.

O Fórum

O Fórum de Segurança Pública do Rio Grande do Norte foi criado em 2015 com a missão de promover debates, traçar estratégias, ações e propostas para o aparelhamento e desenvolvimento do setor. É composto pelo Sindicato dos Servidores do Departamento de Polícia Federal do RN (Sinpef-RN), Associação dos Bombeiros Militares do RN (ABM-RN), Associação dos Cabos e Soldados da PM do RN (ACS-PMRN), Associação dos Guardas de Trânsito do RN (AGT), Associação dos Subtenentes e Sargentos Policiais Militares e Bombeiros Militares do RN (ASSPMBM-RN), Sindicato dos Agentes Penitenciários do RN (Sindasp-RN), Sindicato dos Guardas Municipais do RN (Sindguardas-RN), Sindicato dos Policiais Civis e Servidores da Segurança Pública do RN (Sinpol-RN) e Sindicato dos Policiais Rodoviários Federais do RN (Sinprf-RN).



Justiça do RN proíbe CDP Macaíba de receber novos presos



O Governo do Rio Grande do Norte está proibido de colocar mais presos no Centro de Detenção Provisória de Macaíba, na Grande Natal. A determinação é da 1ª vara Cível da cidade, que atendeu pedido do Ministério Público do Rio Grande do Norte. O CDP tem capacidade para abrigar 90 detentos, mas atualmente tem 116.

O objetivo da ação civil do MP é evitar a superlotação da unidade carcerária e impedir que o Governo do Estado transfira mais 50 internos para o local, como havia sinalizado intenção. Caso descumpra a proibição, de acordo com a decisão judicial, o governador Robinson Faria será multado em R$ 10 mil relativo a cada preso acima da capacidade de lotação do CDP de Macaíba, valor que deve ser repassado ao Fundo Penitenciário Estadual.

A decisão, em caráter liminar, também determina que o Governo do Estado tem 120 dias para elaborar e executar projeto de reforma e ampliação do Centro de Detenção de Macaíba. A Justiça determinou que, pelo menos, duas novas celas sejam construídas de acordo com o que estabelece a Lei de Execuções Penais (LEP).

Na ação civil pública, a 4ª Promotoria de Justiça de Macaíba cita que realizou inspeção no CDP em 10 de agosto passado e constatou que a unidade “está em vias de entrar em colapso face à superlotação e à precariedade da estrutura física que inviabiliza visitas íntimas e banhos de sol (há celas sem acesso à luz de qualquer espécie, onde os presos passam meses no escuro ininterruptamente)”.

Os 116 presos que estão atualmente recolhidos no CDP estão distribuídos em 9 celas, sendo que 6 medem delas 6 metros quadrados e as outras 3, 18 metros quadrados. Os problemas detectados pelo MPRN na inspeção dizem respeito basicamente à superlotação, falta de prestação religiosa, falta de assistência judiciária, ausência completa de banho de sol, ausência de atendimento médico e odontológico adequado, precárias condições de salubridade, iluminação, falta de higiene e aeração do ambiente.

Para o MPRN, a situação da unidade carcerária pode servir como estímulo aos custodiados para promoverem rebelião e fuga, “o que implica ameaça à segurança da coletividade e, em especial, dos moradores vizinhos ao CDP, eis que este encontra-se localizado em plena área residencial”. O documento frisa que, “em decorrência da falta de espaço físico, presos provisórios e condenados por sentença transitada em julgado são encarcerados na mesma cela; de igual forma, também são alojados presos primários e reincidentes, o que ofende frontalmente as disposições legais e constitucionais”.

A Promotoria de Justiça ressalta que os direitos fundamentais do preso e da própria pessoa humana vêm sendo violados constantemente, uma vez que os detentos “permanecem depositados o dia todo nas celas, não saindo daquelas sequer para tomar o banho de sol, e nem para a visita dos familiares, o que, por si só, representa afronta às diretrizes da Lei de Execução Penal”.

Com a proibição de receber novos presos, o CDP de Macaíba deve chegar ao número de 90 detentos, previsto na sua capacidade, à medida em que os atuais internos sejam transferidos ou libertados após o cumprimento de suas penas.



FOTO: Polícia Civil continua a procura de suspeito de latrocínio contra empresário no conjunto Cidade Satélite


Blog: BG

A Polícia Civil do Rio Grande do Norte prossegue em diligências na procura de Lucileno da Fonseca Nascimento, vulgo “Caibá” ou “Caibal”, acusado do latrocínio contra o empresário José Rosemberg Saldanha, ocorrido no dia 29 de novembro de 2016, em um condomínio localizado no conjunto Cidade Satélite, onde Lucileno e mais outros dois comparsas, sendo eles, Francisco Cledenilson do Nascimento Macedo, atualmente preso, e um adolescente, o qual foi apreendido durante investigações.


Alguns dias após o crime, Francisco Cledenilson e Lucileno foram presos, sendo este autuado por porte ilegal de arma de fogo, pelo mesmo estar com uma pistola calibre 7,65 mm, subtraída de José Rosemberg durante o latrocínio. Na ocasião, Lucileno estava sem documentos e forneceu nome falso, sendo liberado na audiência de custódia. 

A Polícia Civil continua diligenciando para localizar e prender Lucileno e pede ajuda da população para denunciar o paradeiro do homem, através do Disque Denúncia, 181, e dos telefones da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP): 3232-1195 ou 3232-1143. Segundo denúncias anônimas, Lucileno escondia-se no Rio Doce, localizado por trás de uma pequena ponte na estrada da Redinha, e na Favela do Mosquito, próximo a Ponte de Igapó, em Natal.

TANGARÁ - Tangaraense indignada faz desabafo em sua rede social sobre o descaso do desgoverno do gestor Jorge Eduardo - leia a matéria

TANGARÁ a cidade desgovernada está se desmanchando em quiosques, pra quem não foi oferecido emprego a fábrica faliu.

A TINOL não comporta esse povo todo. Tanto conhecimento que esse povo tem, não trás nada que beneficie as famílias tangaraenses. O jeito é invadir os espaços públicos, nosso legislativo sem generalizar não tem feito absolutamente nada!!!

ENTÃO GENTE SE APROPRIA DOS ESPAÇOS PÚBLICOS E TENTAM Á SOBREVIVÊNCIA SEM CONCHAVO POLÍTICO PRA NÃO FICAR PRESO A ELE.


EIS MAIS UM QUIOSQUE NA RUA DA PINHA. O QUE ME DIZEM? E a manteiga quem tá passando. kkkk ISSO é coisa de vereador que se passou agora. E os velhos correligionários do prefeito estão literalmente  chupando o dedo.

Mais um em frente a um colégio para vender bebida alcoólica, parabéns HOMEM INVISÍVEL

Sem falar de dois em frente a Câmara Municipal, dois em cima da Praça de Eventos, Praça Theodorico Bezerra, será que estes quiosques serão obras arquitetônicas.

OBSERVAÇÃO: Com a palavra o Ministério Público, senhor promotor substituto, nos acuda, nos socorra.




Obra no Aeroporto de São Gonçalo do Amarante está dentro do cronograma



A primeira semana de obra na pista de pouso e decolagem do Aeroporto da Grande Natal segue dentro do cronograma. Toda a camada de asfalto foi retirada e o processo de recapeamento do pavimento foi iniciado.

“Estamos dentro do prazo previsto, até um pouco adiantados”, conta o diretor de operações da Inframerica Juan Djedjeian. “O trabalho tem sido frequente e a obra vem seguindo no que foi desenvolvido. A taxiway que esta sendo utilizada como pista tem atendido perfeitamente a todos os pousos e decolagens”, declara.

Por conta das obras na pista do terminal potiguar as operações aéreas foram limitadas ao período de 6h às 18h. Do dia 11 de setembro até domingo, 17 de setembro, foram registrados 286 voos. Os reparos tem previsão de finalização para o dia 10 de outubro.

Prefeito de Jucurutu realiza melhoria da pavimentação que cobrem o município



Robson Pires


A gestão do prefeito Valdir Medeiros vem empenhada em resolver diversos problemas encontrados no município de Jucurutu, que agora podem ser solucionados com planejamento e transparência. Um deles está centrado no quesito da melhoria da pavimentação e malha asfáltica, que cobrem o perímetro urbano do município.

Para quem não sabe, a malha viária que corta o município é de responsabilidade do Governo do Estado, que tem à frente o DER – Departamento de Estradas de Rodagens. Preocupado em resolver o problema dos buracos, e diante da demora de resposta do DER, a prefeitura realizou licitação da compra do material para execução do serviço referente ao trecho urbano que corresponde a RN-118, e, paralelamente, pediu autorização ao DER para executar a obra.

Para Fylippe Melo, secretário de Obras e Serviços Urbanos, a recuperação da malha viária é de suma importância para melhorar o tráfego dos veículos e garantir, acima de tudo, a segurança dos motoristas. O trabalho de recuperação e manutenção asfáltica exige uma série de estudos prévios, para se ajustar o uso dos produtos e o material adequado à recuperação.

“Estamos trabalhando e realizando diversas melhorias para o bem da coletividade do povo de Jucurutu. Dentro de mais alguns dias, estaremos iniciando a pavimentação de diversas ruas do município e assim cumprindo com mais uma promessa de campanha de trabalhar para melhorar cada vez mais a vida do nosso povo”, afirmou o prefeito Valdir Medeiros.



Condenada por desviar R$ 14 milhões tem pena reduzida por estudar para o Enem



G1 RN

Condenada a nove anos e quatro meses de prisão, a ex-chefe da Divisão de Precatórios do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, Carla Ubarana, conseguiu reduzir 100 dias da pena recebida estudando para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). A decisão publicada na última segunda-feira (18) é do juiz Henrique Baltazar, da Vara de Execuções Penais de Natal. Ela é condenada, junto com o marido, George Leal, por desvio de R$ 14 milhões dos precatórios do TJRN.

A remissão de pena foi pedida pela defesa de Ubarana, que desejava 133 dias de redução. Os advogados levaram em conta que a legislação e recomendações do Conselho Nacional de Justiça garantem redução de 100 dias para apenados que realizarem os exames de ensino fundamental e médio promovidos pelo Ministério da Educação, além de mais um terço desses dias para quem concluir o curso.

O juiz concedeu a remissão dos 100 dias, mas não reconheceu o direito aos 33 dias por conclusão. "No caso, a executada não concluiu ensino fundamental, médio ou superior no curso do cumprimento da pena, não importando que tenha prestado o ENEM", considerou o magistrado.

Entre julho e agosto, a defesa pediu por duas vezes, em menos 30 dias, transferência de Ubarana para prisão domiciliar, para tratar problemas de saúde. Entretanto, a Justiça considerou que todo tratamento necessário pode ser oferecido pelo sistema penitenciário estadual.




Polícia Civil faz operação contra falsificação de cigarros e prende cantor sertanejo



O cantor sertanejo Rafael Francisco Frare de Siqueira, da dupla Fábio e Rafael, foi preso na manhã desta quarta-feira (20) pela Polícia Civil em uma operação contra falsificação de cigarros. Ele foi detido em um prédio de luxo em Londrina, no norte do Paraná. O ônibus da dupla foi apreendido durante a operação. As informações foram confirmadas pelo G1.

Os crimes investigados na operação são organização criminosa, lavagem de dinheiro e crimes contra a saúde pública.

O advogado Fernando Buono, que representa Rafael, disse que não vai se manifestar até ter acesso aos autos.

Ao todo, 35 mandados judiciais estão sendo cumpridos em cidades do Paraná, São Paulo, Minas Gerais e Bahia. Do total de ordens judiciais, 16 são de prisão e 19 são de busca e apreensão. A ação foi batizada de "Operação Sem Filtro".

A Polícia Civil pediu o sequestro de R$ R$ 6,5 milhões dos bens do suspeito de chefiar a quadrilha e de 19 veículos utilizados pela organização criminosa.

A Justiça determinou o bloqueio de seis contas bancárias, sendo duas delas pertencentes a empresas, ainda de acordo com a Polícia Civil.

Entre os locais onde estão sendo cumpridos os mandados de busca e apreensão estão duas fábricas de cigarro, gráficas, residência dos investigados e uma empresa utilizada para lavagem de dinheiro.





Financial Times vê em Bolsonaro “o mais provável sucessor” e o fim da esperança no país “perspectivas sombrias”

Por Nelson de Sá / FOLHA

“Financial Times” avisa, em vídeo e longa análise, que “As grandes esperanças dos investidores para o Brasil provavelmente não passarão de um sonho”. Explica:

— Mesmo que Mr. Temer sobreviva, seu mandato termina no próximo ano. Se as pesquisas estiverem certas, seu mais provável sucessor, Jair Bolsonaro, é um populista de extrema-direita que pensa que a polícia deve ter licença para matar. As perspectivas de reforma liberal são sombrias.

À FRENTE

No francês “Le Figaro” e outros, “Lula permanece amplamente à frente nas intenções de voto para 2018 apesar das acusações de corrupção contra ele”.

Publicidade:



Audiência pública discute formas de prevenir suicídios no Rio Grande do Norte



A Assembleia Legislativa discutiu, na tarde desta terça-feira (19), a importância de se tomar atitudes que possam prevenir os suicídios no Rio Grande do Norte. Em audiência pública proposta pelo deputado Vivaldo Costa (PROS), dentro do Setembro Amarelo, os participantes discutiram sobre as formas que o Poder Público poderia contribuir para se evitar que pessoas tirem as próprias vidas no estado. O fortalecimento do atendimento básico nos municípios foi o ponto principal da discussão.

Reunindo especialistas nas áreas de psiquiatria e psicologia, a audiência pública trouxe opiniões de profissionais que atendem diretamente no interior do estado e que atuam na prevenção de suicídios. Para Vivaldo Costa, é preciso que as equipes do programa Saúde da Família tenham a formação para que o atendimento seja adequado.

“Vamos trabalhar para que o Programa Saúde da Família atenda as pessoas com problemas psiquiátricos e que os médicos façam urgências psiquiátricas. Que pode, pode. As equipes precisam ser treinadas”, disse Vivaldo Costa.

Durante o debate o psiquiatra Salomão Gurgel foi um dos que explicou a situação no interior e defendeu a abertura de leitos e hospitais psiquiátricos. No entendimento do especialista, apesar do atendimento ambulatorial ser importante, é fundamental a possibilidade de internamento às pessoas que sofrem de doenças mentais e estão em surto.

“Se uma pessoa tem um problema cardíaco sério, ele é mandado para casa após ser atendido em ambulatório? Claro que não. E por que um doente psiquiátrico não deve ser internado? É preciso internação, prescrição de medicamentos e encaminhar o tratamento ativando outras alternativas, para evitar que aconteça o pior”, disse o médico.

Além das opiniões de especialistas, a audiência também teve relatos emocionantes de pessoas que tiveram problemas de depressão entre familiares e uma mulher que relatou sua história, que teve 13 tentativas de suicídio, inclusive saltando da ponte Newton Navarro.

Elizabeth Araújo foi convidada e emocionou os presentes com sua história. Depois de tentar o suicídio 12 vezes, ela decidiu tentar novamente e seguiu até a ponte Newton Navarro, onde queria saltar para a morte. No dia 14 de janeiro de 2016, ela foi ao local por volta das 18h30, chegou ao ponto mais alto e saltou. Porém, apesar da força do impacto, ela sobreviveu, conseguiu chegar a um barco que estava próximo e um pescador a resgatou. Nesse momento, ela decidiu que não mais tentaria tirar a própria vida.

“Minha missão hoje é valorizar a vida e ajudar as pessoas a entender e buscar isso também”, disse Elizabeth, que também ouviu explanações de outras pessoas que atuam na prevenção ao suicídio, como Maria Odete, do Centro de Valorização da Vida (CVV), grupo com 35 pessoas que atuam voluntariamente, no Rio Grande do Norte, dando palavras de conforto às pessoas que pensam em cometer o suicídio.

Presente ao encontro, o secretário de Saúde do Estado, George Antunes, acompanhou a audiência até o fim e disse que as opiniões de todos são importantes para que o Poder Público possa atuar no caso. Assim como o deputado Vivaldo Costa, ele acredita que o atendimento básico precisa ser revisto e os profissionais capacitados para o encaminhamento.

“Proponho que façamos fazer uma revisão do nosso plano de prevenção, discutamos a nossa política no Estado e preparemos uma rede hierarquizada para podermos fazer o atendimento. Temos que saber onde estamos falhando. Se trabalharmos nesse ponto da cadeia (saúde básica), iremos evitar muitos suicídios e observaremos quais as portas que estão falhando”, disse o secretário.



Deputados rejeitam o distritão por 238 votos a favor e 205 contra



Após várias tentativas, o plenário da Câmara rejeitou na noite de ontem, por 238 a 205 votos, a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que mudaria o atual sistema eleitoral para o distritão, no qual seriam eleitos os que obtivessem mais votos, independentemente de alianças partidárias, favorecendo os políticos mais conhecidos. Por ser PEC, eram necessários votos favoráveis de dois terços dos deputados, ou seja: 308.

A derrota do distritão aconteceu a apenas três semanas do fim do prazo limite para que as mudanças pudessem valer nas eleições de 2018. O sistema era defendido por partidos como PMDB, DEM, PP e PSD e rejeitado por legendas como PT, PR e PRB, esses dois últimos donos de bancadas que cresceram devido a votações expressivas de puxadores de votos, como Tiririca (PR-SP) e Celso Russomanno (PRB-SP), ambos com mais de um milhão de votos cada.


Por uma decisão acordada entre os líderes, a PEC foi fatiada por temas, e o fracasso do distritão praticamente enterra por tabela o chamado fundão — fundo público para financiar as campanhas. Esse seria o próximo tema a ser votado na noite de ontem, mas a votação do distritão foi o termômetro que faltava para que os deputados confirmassem que não há apoio necessário para aprovar matéria tão polêmica.


Bolsonaro e João Dória na frente de Lula

Enquete no site Diário do Poder, já com mais de 3.500 votantes, sobre quem será eleito presidente em 2018, Jair Bolsonaro lidera com 24%, seguido de João Dória (19%) e Álvaro Dias (16%). Em 4º, Alckmin (12%) e Lula em 5º, com (11%)Marina tem 8% e Ciro 7%.


Operação de combate ao tráfico de drogas faz prisões na Grande Natal



Dez pessoas foram presas nas primeiras horas da manhã desta quarta-feira (20) na cidade de São José de Mipibu, na Grande Natal. 

A ação, que foi realizada em conjunto pelas polícias Civil e Militar, faz parte de uma operação de combate ao tráfico de drogas na região.

PM prende quadrilha suspeita de assaltar postos de combustíveis na Grande Natal



A Polícia Militar prendeu uma quadrilha suspeita de assaltar postos de combustíveis na noite desta terça-feira (19) no distrito de Mangabeira, em Macaíba, cidade da Grande Natal.

Segundo a PM, os homens foram presos após um abordagem em um veículo em atitude suspeita. Com eles, foram apreendidos um revólver calibre 32, duas espingardas calibre 12, duas pistolas (uma 380 e outra 765) e um revólver calibre 32.

Os suspeitos confessaram a polícia que pretendiam assaltar um posto de combustíveis em Macaíba e executar criminosos de uma facção rival.


No RN, acusada de mandar matar médico vai a julgamento 15 anos depois



Shirley Araújo de Lima, acusada de mandar matar o psicanalista João Jorge Filho de 67 anos, assassinado na cidade de Canguaretama em meio de 2002, vai a júri popular nesta quarta-feira (20). O julgamento será presidido pela juíza Eliana Alves Marinho, a partir das 8h, no Fórum Miguel Seabra Fagundes, no bairro de Lagoa Nova, na Zona Sul de Natal.

O crime

No dia 26 de maio de 2002, o caseiro Clodoaldo Ribeiro matou o médico com um tiro na cabeça. Naquela noite, o médico João Jorge Filho foi supostamente sequestrado de dentro de casa e assassinado. O corpo foi encontrado no canavial da comunidade de Vila Flor, no município de Canguaretama. As investigações apontaram que sua companheira teria sido a mandante do crime.

Ela teria seduzido o caseiro da residência e articulado a morte do médico. Segundo a Polícia Civil, o caseiro Clodoaldo Ribeiro teria sequestrado e matado a vitima por R$ 10 mil, que seriam pagos em cheque. O acusado confessou o crime e disse que Shirlei foi a mandante. Segundo ele, a mulher queria ficar com a herança do companheiro.

Na versão de Shirley, ela foi a vítima. Teria sido sequestrada junto com o marido. Após a morte de João Jorge, Shirley teria sido encapuzada, jogada nua no porta malas do carro e ficado refém de Clodoaldo por dois dias. Com os braços presos, ela teria sido estuprada oito vezes e não teria visto o rosto do acusado. Na época, os filhos da vitima estranharam a versão de Shirley e começaram a investigar o caso.

Condenado

O caseiro Clodoaldo Ribeiro foi preso na semana do crime, mas só foi condenado em 2015. Réu confesso, ele pegou 20 anos de prisão por homicídio qualificado. Já Shirley Araújo, nunca foi presa. Ela responde por homicídio qualificado, ocultação de cadáver e porte de drogas.




Prefeito de São Bento do Trairi exonera todos os cargos comissionados e extingue contratados



Por Joabson Silva.

A crise financeira e administrativa está insuportável em São Bento do Trairi. O prefeito do município, Kêka Embalagens (PSD), assinou decreto que exonera todos os servidores de cargo em comissão e extingue os contratos por tempo determinado, exceto de funcionários de programas federais, secretários municipais e controlador geral do município. Dentre os motivos declarados estão a adequação as normas de finanças públicas voltadas para a responsabilidade na gestão fiscal e o atendimento ao Tribunal de Contas do Estado (TCE) que solicitou medidas para que corrigisse o limite de gasto com pessoal.

A decisão foi publicada nesta terça-feira (19) no Diário Oficial dos Municípios (veja aqui a íntegra do documento).

Este não foi o primeiro ato de demissões do governo Kêka, que tomou posse em janeiro. Em agosto a prefeitura divulgou uma série de exonerações, além de várias outras medidas como redução do salário do chefe do executivo, do vice-prefeito e de auxiliares do primeiro escalão buscando diminuir os gastos levando em consideração as dificuldades extremas que as a administração daquele município têm enfrentado para conseguir operar com os atuais repasses de recursos.

terça-feira, 19 de setembro de 2017

'Pensei que meu prédio ia cair', diz modelo potiguar após terremoto no México



A modelo potiguar Lisandra Mendes, que mora na Cidade do México há 10 meses, diz que passou por momentos de tensão durante o terremoto registrado no local nesta terça-feira (19). Ela contou ao G1 que o prédio em que mora não sofreu danos à infraestrutura, mas um edifício que fica ao lado desabou.

“É onde mora uma amiga minha, mexicana. O prédio fica na rua do lado da minha casa, caiu mesmo, foi bem feio”, relata.

Apesar da dificuldade de manter boa conexão de internet, Lisandra conseguiu conversar com o G1 e contar a situação pouco tempo depois do tremor.

A modelo diz que saiu do prédio em que mora no momento que sentiu o terremoto, junto com sua cachorra. A amiga mexicana de Lisandra Mendes que mora no edifício que caiu depois do tremor de terra não estava em casa na hora que as paredes foram ao chão. Estava no trabalho. “Que medo, que medo!”, enfatizou Lisa.

Segundo ela, há ainda mais prédios que tiveram a estrutura abalada pelo terremoto. Lisandra mora no bairro Colonia Navarte Poniente e diz que as pessoas ainda não voltaram para suas casas. "Eu estou em frente a minha casa, mas não é recomendável que a gente volte ainda. Estamos aqui aguardando orientações de como agir. Graças a Deus eu estou bem, estou atenta pra me proteger", disse a modelo ao G1.

Terremoto

Um forte tremor de terra abalou o México na tarde desta terça-feira (19). O Serviço Geológico dos EUA (USGS) detectou um terremoto de magnitude 7,1 com epicentro perto da cidade de Izucar de Matamoros, que fica ao sul da capital mexicana, às 15h14 (hora de Brasília). A agência Reuters ouviu autoridades locais que contabilizaram 42 mortos no estado de Morelos, 8 na capital federal, e 3 em Puebla.





Prefeitura do RN cai em boato do Whatsapp e divulga alerta sobre falsos sequestros



G1 RN

Após divulgar alerta sobre uma falsa onda de sequestros de crianças, a prefeitura de Baraúna, na região Oeste potiguar, admitiu nesta terça-feira (19) que foi vítima de um boato de Whatsapp. O comunicado foi publicado na página oficial da Prefeitura no Facebook e até as 13h tinha sido compartilhado por mais de 450 usuários da rede social.

A publicação diz que pessoas estavam se passando por servidores da Secretaria Municipal de Saúde nesta segunda-feira (18) e que estariam realizando uma pesquisa. O objetivo dos suspeitos seria sequestrar crianças.

Procurada pelo G1, a Delegacia de Polícia Civil de Baraúna informou que não houve qualquer registro de sequestro ou tentativa de sequestro na cidade. A Polícia Militar também informou que não foi notificada de qualquer caso. As polícias atribuiram as informações a boatos de redes sociais que circulam não apenas em Baraúna, como em municípios vizinhos, nos último dias.

Foi por meio de Whatsapp que as informações de tentativa de sequestro chegaram à Prefeitura de Baraúna, segundo a secretária de Saúde, Jania Maria Freire. "Moradores das comunidades rurais e, depois, da zona urbana, disseram que pessoas estavam se passando por servidores da prefeitura", explicou ela.

Jania afirmou que as mensagens não chegaram diretamente para a pasta e que foi informada do caso pelo secretário adjunto de Turismo e Lazer do município, Kaio Sérgio Oliveira. "Então nós dissemos que a prefeitura não tinha qualquer servidor realizando pesquisa", disse.

O secretário Kaio Oliveira afirmou que o objetivo da nota era informar à população que nenhum servidor realizava visita às residências na cidade. Ele reconheceu que houve um erro no texto, ao afirmar que as tentativas de sequestros estavam acontecendo.

"Era uma nota de esclarecimento, porque pessoas estavam se passando por funcionários da prefeitura. Ningúem autorizou. Realmente, a polícia foi verificar e não aconteceu nada. Mas o objetivo era que as pessoas ficassem em alerta", disse.

Ainda de acordo com Kaio, a prefeitura iria tirar a postagem do ar. Até a publicação da matéria, entretanto, ela continuava na página.





Governador do RN é denunciado em processo que apura desvio de recursos na Assembleia Legislativa do estado



O governador do Rio Grande do Norte, Robinson Mesquita de Faria (PSD), foi denunciado pela Procuradoria-Geral da República (PGR) nesta segunda-feira (18). A denúncia é baseada em uma operação que apurou tentativa de obstrução das investigações sobre desvios de recursos na Assembleia Legislativa do estado (ALRN). Ela está no gabinete do ministro Raul Araújo, do Superior Tribunal de Justiça, que é o relator do caso. As informações foram confirmadas pelo STJ.

A denúncia ainda vai passar pela apreciação da Corte Especial do STJ, que vai definir se a recebe ou não. Ainda não há data prevista para isso. Se aceita, Robinson se tornará réu. O colegiado é formado pelos 15 ministros mais antigos no tribunal e é o responsável por julgar casos que envolvem governadores.

Junto com Robinson Faria, foram denunciados os servidores Magaly Cristina da Silva e Adelson Freitas dos Reis, assessores de confiança do governador e presos por uma operação da Polícia Federal no dia 15 de agosto. Na ocasião, o governador também foi alvo de mandados de busca e apreensão.

O advogado José Luis Oliveira Lima, que representa Robinson Faria, foi procurado pelo G1 e afirmou que só irá se manifestar após ter acesso à denúncia.
A operação Anteros apurou manobras ilegais por parte de Robinson Faria e de servidores do governo potiguar para impedir investigações sobre os desvios na Assembleia Legislativa.

Os dois são suspeitos de tentar comprar o silêncio da ex-procuradora da assembleia, Rita das Mercês, a mando do governador. O objetivo seria impedir que ela firmasse acordo de delação premiada com o Ministério Público para denunciar os desvios de recursos, mas a ex-procuradora não cedeu e firmou acordo de delação com o MPF.
Rita e seu filho, Gustavo Villarroel, são listados como testemunhas na denúncia oferecida.

Delação

Na delação, Rita das Mercês afirmou que o governador Robinson Faria (PSD) embolsou cerca de R$ 100 mil por mês, entre 2006 e 2010, através da contratação de servidores fantasmas na AL. Robinson começou a presidir a Assembleia em 2003. De acordo com a delatora, a partir de 2006 ele passou a determinar a inclusão, na folha de pagamento, de pessoas que "não exerciam quaisquer funções no órgão, com o único objetivo de desviar recursos públicos oriundos de suas remunerações em favor do presidente e de outras pessoas".

Rita afirmou que inicialmente foram nomeadas pessoas para cargos em comissão que existiam na estrutura do Legislativo, mas que não exerciam nenhuma atividade. O pagamento era feito por meio de cheques-salário que eram descontados pelo envolvidos no esquema dentro de uma agência na própria assembleia e eram repassados ao governador através de assessores dele.

Segundo a delatora, quando não havia mais cargos disponíveis na AL, o então presidente mandou que fossem incluídas pessoas na folha para recebimento de gratificações. Quando esse tipo de nomeação também se esgotou, o grupo encontrou outra solução para continuar os desvios.

"A terceira modalidade de desvio surgiu em razão da inexistência de cargos comissionados livres e da extrapolação do número de gratificações passíveis de serem concedidas. Diante deste cenário, de acordo com Rita das Mercês, Robinson Faria determinou a arregimentação de pessoas e a simples inclusão na folha de pagamento, sem que fossem nomeadas para algum cargo ou mesmo designados para o recebimento de gratificação", diz o documento.

As investigações contra o governador Robinson Faria surgiram a partir da Operação Dama de Espadas, do Ministério Público Estadual, que apurava a existência de servidores fantasmas na Assembleia Legislativa. O filho de Rita das Mercês, Gutson Reinaldo, foi o primeiro a fechar acordo de delação premiada. Como ele citou o governador Robinson Faria, que tem foro privilegiado, o caso chegou ao Superior Tribunal de Justiça. Um dos principais alvos da operação, a ex-procuradora procurou diretamente o MPF para propor a delação. Outro filho dela, Gustavo Villarroel, também fechou acordo.